09/06/2017

O QUE A BÍBLIA DIZ SOBRE O ESTUPRO?

 


Uma coisa é fato: A mulher que nunca foi vítima de abuso sexual tem medo de um dia isso ocorrer! Desde que mundo é mundo, a violência contra a mulher é realidade, mas o que diz a bíblia sobre o estupro? Como proceder diante dessa violência? Perdoar ou se vingar? Será que isso é da vontade de Deus? Deus permite que mulheres sejam estupradas por serem consideradas inferiores? O estupro é uma prática legal como forma de castigo? De quem é a culpa, do estuprador ou da vítima? essas são as perguntas que as mulheres mais fazem para si mesma.

Aqui no Brasil e em outros lugares no mundo, o estupro é considerado um CRIME HEDIONDO, mas porque será que tantos homens cometem esse tipo de crime, sendo que conquistar uma mulher para se casar é bem melhor e mais prático? Eu nunca entendi o porque existem pessoas capazes de uma atrocidade dessas, o que leva alguém fazer isso?
 
 
Na Bíblia podemos ver alguns casos de estupro como: Diná, filha de Jacó que foi violentada enquanto passeava em sua nova cidade para conhecer o lugar, temos também a concubina do levita que não tem seu nome citado, mas o crime em si e o que aconteceu depois - veja Juízes 19 (ainda vou trazer mais detalhada sobre essa história para vocês), e Tamar a filha do Rei Davi que foi estuprada pelo seu próprio irmão - veja 2 Samuel 13.


A mulher que sofre esse tipo de violência sente como se parte dela tivesse morrido, mesmo que nem todos os casos de estupro ocorra morte, mas por dentro parte dela morreu, o medo e baixa autoestima pode ser seu pesadelo durante um longo tempo. Apoio da família e das autoridades do seu país são essenciais para amenizar esse tipo de tortura. Muitas precisarão recorrer ao tratamento com psicólogo ou psiquiatra, mas somente Deus poderá livra-la desse pesadelo emocional. Agora vamos responder as perguntas acima.



O que diz a bíblia sobre o estupro?

Vejamos em Deuteronômio 22:25-29 "Mas se for no campo que o homem achar a moça que é desposada, e o homem a forçar, e se deitar com ela, morrerá somente o homem que se deitou com ela; porém, à moça não farás nada. Não há na moça pecado digno de morte; porque, como no caso de um homem que se levanta contra o seu próximo e lhe tira a vida, assim é este caso; pois ele a achou no campo; a moça desposada gritou, mas não houve quem a livrasse. Em juízo, entre sangue. Se um homem achar uma moça virgem não desposada e, pegando nela, deitar-se com ela, e forem apanhados, o homem que se deitou com a moça dará ao pai dela cinquenta siclos de prata, e porquanto a humilhou, ela ficará sendo sua mulher; não a poderá repudiar por todos os seus dias."


Essas são as leis Israelitas, que não se aplica aqui no Brasil, ou seja uma mulher aqui que for estuprada não deverá se casar com o estuprador (na minha opinião seria um horror pra nós mulheres ter o estuprador por marido aff), mas naquela época, essas leis funcionavam como proteção à mulher do homem violento que tivesse a intenção de tirar a sua honra - a virgindade,  ainda assim difamá-la. Todos os homens que cometeram estupros foram mortos. Porque essa é a sentença de um estuprador, na Bíblia o estupro é considerado um crime de assassinato, porque esse ato mata a mulher por dentro.


Como proceder diante dessa violência?

1º -  A mulher deverá imediatamente denunciar o estuprador e o ocorrido para que a justiça possa puni-lo antes que ele faça outras mulheres de vítimas. Na delegacia a mulher pode ser encaminhada para um hospital para que exames sejam feitos para evitar uma possível gravidez indesejada (tomar a pílula do dia seguinte) e possíveis doenças contagiosas - as DST's.


2º - Buscar ajuda em Deus, se apegar a ele para que Deus cure as suas feridas mais profundas, saber que Deus jamais a abandonará, não se revoltar contra ele e culpa-lo por isso.


3º - Buscar ajuda e apoio dos psicólogos, da família e amigos . Terapia e muita conversa ajuda a vítima a superar esse momento trágico em sua vida, e não ter medo de denunciar o agressor.



Perdoar ou se vingar?

Sabe aquele filme Doce vingança, em que a mulher escritora é estuprada numa casa de campo enquanto trabalha em seu novo livro, e no final do filme depois de sofrer um estupro coletivo, ela se vinga de todos eles com uma morte cruel? Então, sei que esse seria o tipo de vingança que todo homem que comete estupro merece como punição, embora seja exatamente isso que desejamos fazer, devemos nos lembrar que Deus é justo e sua justiça não falha jamais e que a vingança pertence a Deus e não a nós.


Perdoar esse tipo de violência contra nosso corpo, é algo assim que requer muito sacrifício e muita busca a Deus, somente Deus pode colocar perdão em nosso coração no lugar de raiva e vingança. Deus quer que qualquer pessoa vítima de qualquer tipo de injustiça e maldade confie nele e em sua justiça, ele se vingará por você mulher de qualquer coisa feita contra você. Confiar e pedir a Deus cura interior e capacidade de perdoar é a chave para que o pânico, o medo, a insegurança e pensamentos de morte deixem de existir e passe a dar lugar ao perdão, sede de justiça e vontade de viver sem medo.



"É ele que nos conforta em toda a nossa tribulação, para
podermos consolar os que estiverem em
qualquer angústia, com a consolação com que
nós mesmos somos contemplados por Deus." 
2 Coríntios 1:4



"A mim pertence a vingança, a retribuição. a seu tempo,
quando resvalar o seu pé; porque o dia da sua calamidade
está próximo, e o seu destino se apressa em chegar."
Deuteronômio 32:35




Será que isso é da vontade de Deus? Deus permite que mulheres sejam estupradas por serem consideradas inferiores?
 

Não! mil vezes não. Deus jamais permite esse tipo de crime contra as mulheres só por serem mulheres. O que eu vejo é que alguns homens infelizmente, tem dificuldade em aceitar que as mulheres também é a imagem e semelhança de Deus, merecemos respeito e proteção, amor e cuidado. Somos ser que pensa, que raciocina e que sente, assim como os homens. Não é porque somos mulheres, temos traços distintos dos homens, isso não significa que somos inferiores e muito menos merecemos ser violentadas.


Vimos acima em Deuteronômio 22:25-29 que Deus proíbe esse tipo de prática e ordena a punição desses infratores. O sexo para Deus é algo muito sério, e ele deseja que levamos a sério também. Respeitar os limites e a vontade do outro para que haja santidade no meio do seu povo. E se você denunciar um homem criminoso que te violentou, você está cooperando para que as leis do seu país seja colocado em prática e que outras mulheres sejam vítimas do mesmo criminoso também.



O estupro é uma prática legal como forma de castigo?
 

O estupro é uma forma de causar terror na sociedade. Alguns países do Oriente Médio, a prática do estupro é considerado legal, principalmente dentro do casamento. O marido estuprar suas esposas como forma de punição à uma desobediência a uma ordem sua ou porque ela mesma rejeitou se deitar com seu marido, por motivos de menstruação, resguardo ou simplesmente falta de vontade, o marido pode por lei estuprar sua esposa e bater nelas como castigo.


Nesses lugares a mulher é vista como objeto de satisfação sexual dos homens. Uma mulher nesses países orientais se for estupradas na rua, elas jamais poderão denunciar seus agressores, pois a mesma corre o risco de ser morta apedrejadas a praça pública, pois a mulher lá é considerada a o pecado em pessoa que tem a função de seduzir os homens, todo estupro por lá a mulher é punida com a morte e os homens inocentados.


Na Bíblia, vemos que essa prática é condenada com a morte por apedrejamento, ou o agressor deverá indenizar a família da moça e ainda assumir ela como esposa, sem o direito de divórcio e nem poderá castiga-la como bater, estuprar, abandonar e etc.



De quem é a culpa, do estuprador
ou da vítima?
 

Embora a sociedade sempre recrimina a mulher e a culpa por todas as violências contra ela mesma, a verdade é que a culpa de qualquer crime é sempre de quem a comete. Ninguém diz que um assassino é inocente e a vítima que morreu é culpada. Ninguém diz que o ladrão que roubou é vítima e quem foi roubado é culpado, então porque no caso de um estupro, a vítima é sempre a culpada? Ah! por causa da roupa dela, do modo como ela anda, porque nasceu linda, porque é mulher e blá blá blá. Isso não é justificativa, sabe porque? porque não há nada que justifique um estupro.


A culpa é sempre de quem a pratica e nunca de quem sofre a violência. A sociedade machista que sempre corre a favor do criminoso, nunca vai conseguir acabar com a violência do mundo. Nunca se sinta culpada por aquilo que não se cometeu.


Eu estava lendo uma artigo de um psiquiatra sobre o estupro, ele alega que o homem estuprador tem sua mente deturpada por desejos e fantasias sexuais violentas, geradas em sua mente através da pornografia. A pornografia age na mente do psicopata como uma droga que por sua vez precisa de doses cada mais altas e intensas de imagens degradantes, a ponto de querer coloca-las em prática em mulheres vulneráveis. Para ele esse ato não é um crime que merece punição, para ele forçar uma mulher dá uma realidade em suas fantasias o que deixa a situação mais excitante, porque o sofrimento do outro dá uma sensação de prazer e satisfação, na qual ele não sente culpa por isso e nem mede as consequências de seus atos em suas vítimas.


Os filmes pornográficos dá a ilusão para seus telespectadores que a mulher gosta e deseja ser usada apenas para satisfação dos desejos sexuais dos homens, e que a violência durante o sexo é o que elas desejam na cama. Isso faz os homens acreditarem que tudo aquilo que eles veem na telinha é real; por isso muitos saem as ruas, lugares desertos procurando a quem ataca-las na crença de que mulheres gostam desse tipo de coisa.


Não se culpe. Jamais!




VEJA TAMBÉM...




 

Nenhum comentário:

Postar um comentário